ATALHOS DE TECLADO Inicio [Alt+i] Fim [Alt+m] Pesquisa [Alt+p] ALTERAR FONTE Aumenta a fonte [Alt+A] Retorna para o tamanho normal de fonte [Alt+N] Diminui a fonte [Alt+D]
 
Você está em: HOME / ASSESSORIA DE IMPRENSA / Notícias
 
 

Icone de notíciaDr. Marcelo Rossi faz palestra para o grupo Vivendo a Vida

Prevenção de quedas, de depressão e demências foram abordados durante encontro com idosos

Versão para impressão   13/09/2017 10:36:28 - Assessoria de Imprensa


A preocupação com o envelhecimento saudável motivou os idosos do grupo de Terceira Idade Vivendo a Vida a assistir ontem a palestra ministrada pelo vereador Dr. Marcelo Rossi (PSD) no salão da Igreja Presbiteriana.

O parlamentar é autor da Lei 5833/2017 que trata de políticas públicas para Tratamento e Prevenção da Doença de Alzheimer. Também é médico geriatra. “Parabenizo os participantes pelo interesse em aprender, independentemente de obstáculos e desafios que o avanço da idade pode trazer. Em nome da Celina e da Luiza, agradeço pela oportunidade de contribuir”, afirma.

Dr. Marcelo deu dicas como manter o cérebro ocupado, incentivou o hábito da leitura e despertou o interesse em aprender atividades novas. Ter um hobby, cuidar de um animal, se dedicar à música e ao artesanato foram outras recomendações pertinentes.

Abordou ainda questões domésticas, como a importância de remover tapetes ao lado da cama para prevenir quedas, implantar barras de segurança no banheiro, entre outras medidas.

Atividade física precedida de avaliação médica e cuidados com a alimentação também foram debatidos na palestra, além de temas como autoestima, bom humor, vida social, sabedoria, experiência de vida e felicidade. A doença de Alzheimer foi outro ponto de destaque, assim como o uso de medicamentos e indutores de sono.

A atividade vai ao encontro das tendências demográficas. Com o aumento da longevidade e o crescimento da população idosa, o número de casos da demência tende a subir.

Em um período de 50 anos, Limeira deve passar de 149 mil habitantes, registrados em 1980, para 307 mil em 2030. Enquanto a população total tende a dobrar, o número de pessoas com 60 anos ou mais será sete vezes maior nesse intervalo. A previsão é que, em 2030, a cidade tenha mais idosos do que crianças e adolescentes com até 15 anos.

Os dados aparecem no Perfil Demográfico de Limeira, elaborado pela Consultoria Técnica Especializada da Câmara Municipal, a partir de levantamentos do IBGE e Fundação Seade. Os cálculos indicam 67.325 idosos em 2030, ante 9.250 em 1980. Hoje já são 40.932. O número futuro é maior que a quantidade projetada de 46.526 habitantes com até 14 anos.

*Informações do Gabinete Parlamentar

 

AGENDA DE EVENTOS

NEWSLETTER