ATALHOS DE TECLADO Inicio [Alt+i] Fim [Alt+m] Pesquisa [Alt+p] ALTERAR FONTE Aumenta a fonte [Alt+A] Retorna para o tamanho normal de fonte [Alt+N] Diminui a fonte [Alt+D]
 
Você está em: HOME / ASSESSORIA DE IMPRENSA / Notícias
 
 

Icone de notíciaTrem Intercidades é tema de Seminário na Câmara Municipal

Autoridades palestraram em prol da inclusão de Limeira no projeto

Versão para impressão   11/08/2017 22:39:16 - Assessoria de Imprensa


A plateia da Câmara Municipal lotou para assistir ao Seminário Trem Intercidades Limeira/SP, promovido pela Frente Parlamentar em defesa da inclusão de Limeira no Projeto Trem Intercidades, na noite de sexta-feira, 11 de agosto. Segundo o presidente da Frente, Toninho Franco (PR), o objetivo de realizar o evento foi informar a população sobre o tema, obter apoio e ouvir as sugestões das autoridades convidadas para buscar meios de incluir a cidade na rota do trem.

Foram convidados para palestrar os empresários Vicente Abate, presidente da Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (ABIFER) e Roberto Meira, diretor comercial da Estação da Luz Participações (EDPL), que informou detalhes do projeto do Trem Intercidades, que vai de Santos à Americana.

Estiveram presentes no evento o prefeito Mario Botion, o vice-prefeito Dr. Júlio e secretários municipais; os deputados estaduais João Caramez (PSDB) e Davi Zaia (PPS); o deputado federal Vanderlei Macris (PSDB); o presidente do Legislativo Zé da Mix (PSD), vereadores e autoridades da região.

O projeto

Roberto Meira falou sobre o projeto do Trem Intercidades, ele apresentou os estudos realizados na região da macrometrópole de São Paulo que compreende 173 municípios. Ele informou que o projeto pretende conectar os polos da região em menos de 1 hora, através da sua rede ferroviária que compreenderá 477 km. Serão duas linhas: a norte-sul, que ligará Americana a Santos e a leste-oeste, que ligará Sorocaba à Taubaté.

A linha Americana-Santos será licitada primeiro, devido a demanda da região ser maior, serão 60 mil passageiros ao dia, em um trecho de 135 km. O custo do projeto será de 5,4 bilhões de reais.

Segundo ele foi feito um levantamento de dados para o trecho complementar, que está fora do projeto, Americana-Limeira, que compreende 23,5 km de extensão. Seriam 7200 passageiros por dia, sendo 53% do fluxo de usuários que seguiriam de Limeira para São Paulo, os outros 47% seriam distribuídos entre as demais cidades da rota.

Para a implantação do trecho o investimento estimado, com base no km de implantação, seria de 450 milhões de reais.

Os debates

Toninho Franco abriu o evento falando do caminho que o levou a propor a Frente Parlamentar, que começou quando recebeu um convite do vice-prefeito Dr. Júlio para participar de um seminário. Posteriormente houve informações de que o projeto inicial não englobava Limeira, o que levou a necessidade de criar a Frente para encampar a luta pela inclusão da cidade no projeto.

Mario Botion relembrou que, no projeto inicial do Trem Intercidades, o primeiro trecho a ser construído era de São Paulo à Limeira, e o segundo de Santos à Capital paulista, mas no caminho o projeto foi modificado e o trecho ficou sendo Santos-Americana.

O prefeito citou que a ampliação do trecho até Limeira beneficiária mais de 1,4 milhão de pessoas e fez um apelo ao deputado Macris para verificar a possibilidade de utilização da faixa de domínio usada pela empresa Rumo no transporte de cargas, para que seja utilizada também no transporte de passageiros.

O deputado federal Vanderlei Macris ressaltou que o projeto do Trem Intercidades é um dos mais arrojados do país, em termos de proposta de transporte ferroviário, pois interliga cidades de diversas capitais regionais paulistas. “A concessão de transporte de passageiros para o projeto do Trem Intercidades de São Paulo vai ser um ponto inicial para o transporte ferroviário, que na minha opinião não para mais no Brasil”, conclui.

João Caramez, presidente da Frente Parlamentar em Prol do Transporte Metroferroviário (FTRAM), falou da importância da comissão instalada na Assembleia Legislativa para fomentar o transporte ferroviário de passageiros e de cargas no Estado. Ele também citou que estudos mostram que em alguns anos o transporte por rodovias estará saturado e não há mais como ampliar a malha rodoviária, segundo ele, a saída é o transporte ferroviário. “São Paulo não precisa de mais estradas, não precisa de carros, precisa de trem”, pontua.

Dr. Júlio falou dos esforços que tem realizado para a retomada do transporte ferroviário e entregou um manifesto com assinaturas de vereadores de cidades da região em apoio à inclusão de Limeira no projeto.

Vicente Abate falou que as novas concessões preveem investimentos que a anterior não previa, segundo ele serão de 25 a 30 bilhões de reais investidos no transporte ferroviário.

O deputado federal Miguel Lombardi, representante de Limeira no Congresso Nacional, não pôde comparecer. Ele enviou um e-mail que foi lido durante o evento. Nesse documento ele elogia a iniciativa de realizar o debate “É uma oportunidade inovadora de construirmos uma integração inédita no interior paulista”.

Nesse e-mail ele menciona que o Ministro dos Transportes Maurício Quintella e o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Sérgio Lobo, manifestaram interesse em receber o colegiado em Brasília. O presidente da Frente, Toninho Franco, informou que vai verificar a possibilidade de realizar essa visita junto aos outros membros do colegiado.

Cauê Macris, presidente da Assembleia Legislativa, também não pôde comparecer, mas enviou um vídeo em que deixou sua palavra de apoio. “Limeira merece estar incluída nesse projeto”.

Durante o seminário, foram colhidas assinaturas das autoridades presentes para formar um manifesto de apoio ao movimento, que será juntado aos outros documentos da Frente.

Zé da Mix disse que o caminho entre Americana e Limeira é curto. “São apenas 450 milhões que nos separam”. Toninho Franco concluiu o seminário dizendo que ficou clara a importância que esse transporte tem, e que a demanda existe. “Contamos com o apoio dos deputados presentes”, e finalizou: “é uma luta do povo, é uma luta de todos”.

A Frente Parlamentar

A Frente Parlamentar foi composta com o objetivo de unir forças para trazer o trem até Limeira. Segundo o presidente da Frente, as próximas ações serão contabilizar as assinaturas do abaixo assinado que foi realizado junto à população limeirense, anexar o manifesto preparado durante o seminário a toda a documentação elaborada pelo colegiado e entregar ao Governador do Estado.

Integram a Frente os vereadores: Toninho Franco (PR), presidente; Estevão Nogueira (PRB), vice-presidente; Mir do Lanche (PR), secretário; Helder do Táxi (PMDB), relator; e membros: Constância Félix (PDT), Clayton Silva (PSC), Lemão da Jeová Rafá (PSC), Anderson Pereira (PSDB), Wagner Barbosa (PSB), Erika Tank (PR), Marcelo Rossi (PSD) e Jorge de Freitas (PEN).

Regimentalmente as frentes parlamentares devem ter um fim específico que não seja da competência de nenhuma comissão permanente ou temporária. Ela é destinada a acompanhar atividade, evento ou tema de relevante interesse social que envolva diretamente o município e tem prazo de 12 meses para concluir seus trabalhos.

 

AGENDA DE EVENTOS

NEWSLETTER