ATALHOS DE TECLADO Inicio [Alt+i] Fim [Alt+m] Pesquisa [Alt+p] ALTERAR FONTE Aumenta a fonte [Alt+A] Retorna para o tamanho normal de fonte [Alt+N] Diminui a fonte [Alt+D]
 
Você está em: HOME / ASSESSORIA DE IMPRENSA / Notícias
 
 

Icone de notíciaGestores de escolas se reúnem com Comissão de Vereadores Juniores

Encontro ocorreu no Plenário da Casa

Versão para impressão   19/04/2017 13:50:04 - Assessoria de Imprensa


Gestores de escolas se reúnem com Comissão de Vereadores Juniores

Diretores, gestores e representantes das escolas municipais, estaduais e particulares de Limeira reservaram um tempo da manhã desta quarta-feira, 19 de abril, para conhecer o programa da Câmara dos Vereadores Juniores. A reunião foi agendada pela comissão responsável pela organização do projeto, presidida pela vereadora Carolina Pontes (PSDB), ao lado de Mir do Lanche (PR) como secretário e Estevão Nogueira (PRB) como membro.

O encontro ocorreu no Plenário da Casa e serviu para que a comissão explicasse o funcionamento do projeto neste ano, bem como os prazos para eleição e posse dos futuros vereadores juniores. Para esclarecer o papel dos vereadores, Carolina lembrou que já foi vereadora júnior e destacou a importância do trabalho. “Participar da primeira Câmara foi essencial para minha formação política”, disse.

Serão 21 vereadores juniores eleitos, entre meninos e meninas, de 10 a 16 anos. “A ideia é motivar a cidadania para que depois de um ano eles saibam o papel do vereador”, frisou Carolina. A parlamentar afirmou que eles terão um papel importante dentro da Câmara, podendo, inclusive, criar leis. “O intuito é despertar a autonomia política dessas crianças e adolescentes.”

A questão didático-pedagógica ficará por conta da Escola Legislativa Paulo Freire, conforme explicou Carolina. A escola ficará responsável por oferecer cursos de incentivo aos jovens, que esclareça o papel da Câmara e a função de legislador dentro da Casa. Os vereadores Clayton Silva (PSC) e Helder do Táxi (PMDB) também participaram da reunião.

Eleição

O processo eletivo para escolha dos vereadores juniores será de responsabilidade das escolas. Segundo Carolina, as escolas devem incentivar os alunos a participarem da eleição. “Isso permitirá que eles apresentem propostas, peçam votos, fortalecendo o processo ético e de cidadania na hora de escolher seus líderes.”

As escolas deverão realizar a eleição até o dia 5 de maio. Nesse dia, os colégios devem enviar o nome do vencedor para a Câmara que cuidará da posse - prevista para o dia 10 de maio. Depois de empossados, os vereadores juniores ganharão padrinhos, que serão os vereadores titulares dessa legislatura, escolhidos por meio de sorteio.

Carolina lembra que, além do incentivo à participação do processo de eleição, as escolas têm a responsabilidade de estimular que os demais alunos votem e decidam quem será o vereador júnior do colégio. Os vereadores da comissão disseram que os gabinetes estão à disposição para auxiliar na eleição. “Nós queremos estar junto com vocês nesse processo”, enfatizou a parlamentar.

 
 

AGENDA DE EVENTOS

NEWSLETTER